Páginas

segunda-feira, 12 de março de 2012

Se Tchekhov e Hemingway fossem bailarinos...

Write as much as you can!! Write, write, write till your fingers break! 
Anton Tchekhov

Digamos que ele [aspirante a escritor] devia enforcar-se por ter descoberto que escrever bem é tremendamente difícil. Depois, devia ser esquartejado sem piedade e forçado por si próprio a escrever tão bem possível para o resto da vida. Pelo menos, teria logo a história do enforcamento para começar.
Ernest Hemingway


Parece que a literatura e o balé - assim como tudo que exige e demanda esforço, dedicação, concentração, alma, corpo, força, resistência, tempo e paciência - têm muito mais em comum do que se imagina. Além do amor e do trabalho, é necessário entrega.

2 comentários:

Carolina Arêas disse...

Você voltou!!!!! Muita alegria!!!!

Cris disse...

Oi, Carol!
Obrigadíssima pela visita!
É, estou voltando, aos poucos e devagarinho.
Alegria de receber você aqui novamente.

Mil beijos,
Cris