Páginas

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Nas montanhas

Às vezes eu me vejo morando em um lugar de onde vejo montanhas. De manhã, faço caminhadas por uma estradinha de terra e cascalho que me leva até um lago. De lá, vejo o sol se levantar por detrás de uma imensa rocha.

Onde quer que eu esteja, o verde me abraça. O jardim entra pela janela do meu quarto de trabalho. Como é bom receber a visita de um jardim.

De vez em quando, o velho carro me leva até as montanhas. Passeamos por estradas ladeadas de pinheiros. Há muitas curvas, é preciso ter cuidado.

Ouvi dizer que aparecem ursos em alguns lugares escondidos nas montanhas. Eu nunca vi, mas parece que eles gostam de andar por aí no verão. Vão atrás de comida e, quando percebem, dão de cara com um animal que anda sobre duas pernas e quase não tem pelos. Deve ser muito estranho encontrar alguém que não seja como eles, peludos e enormes.

Eu já morei em um lugar assim, mas não sabia que era tão bom.

Nenhum comentário: