Páginas

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Janelas do mundo

Ilustração de Matteo Pericoli (clique para aumentar)


I sometimes proudly declare I am a writer who wrote a historical novel, “My Name is Red,” set in a location constantly before my eyes. To the popular question inquisitive guests and visiting journalists ask — “Doesn’t this wonderful view distract you?” — my answer is no. But I know some part of me is always busy with some part of the landscape, following the movements of the seagulls, trees and shadows, spotting boats and checking to see that the world is always there, always interesting and always a challenge to write about: an assurance that a writer needs to continue to write and a reader needs to continue to read.
Orhan Pamuk 

Meu amor por janelas é antigo. Muito antes da internet, eu me imaginava andando pelo mundo e tirando fotos de quartos, janelas e estações de metrô. Sempre fui colecionadora de lugares e, por conseqüência, de personagens, de histórias. Hoje em dia, isso é tão comum que até perdeu um pouco da graça. Mas existem exceções. A série Windows on the World, publicada no The New York Times e ilustrada por Matteo Pericoli, é uma dessas preciosidades que a gente encontra sem querer e que, despretensiosamente, fazem do mundo um lugar ainda surpreendente, apesar desse bombardeio de imagens que sofremos a cada segundo e que torna tudo tão banal, fugaz, momentâneo.

São treze janelas, treze autores, treze depoimentos, treze desenhos, treze lugares diferentes pelo mundo. A minha preferida é Turkish Delight (com o escritor turco Orhan Pamuk), que abre a série e ilustra este post. Mas lembro que vale a pena caminhar até cada uma dessas janelas e imaginar-se ali, olhando cada paisagem.

Daniel Kehlmann (Berlim, Alemanha)
Andrea Levy (Londres, Inglaterra)
Ryu Murakami (Tóquio, Japão)
Chimamanda Ngozi Adichie (Lagos, Nigéria)
María Kodama e Jorge Luis Borges (Buenos Aires, Argentina)
Rana Dasgupta (Nova Déli, Índia)
Nadine Gordimer (Joanesburgo, África do Sul)
Alaa Al Aswany  (Cairo, Egito)
Richard Flanagan (Ilha de Bruny, Austrália)
Marina Endicott (Edmonton, Canadá)
Nuruddin Farah (Mogadishu, Somália)
Elmore Leonard (Detroit, EUA)

Nenhum comentário: